Fale
Fale com a gente
::Home ::Estatuto ::História ::Balanço Social ::Diretoria ::Sede e regionais ::Sindicalize-se
 
 
Itaú
 
Itaú lidera reclamações no Procon
Banco foi campeão de queixas em 2011, seguido por empresas de telefonia



Brasília – A maior parte das reclamações dos consumidores aos Procons em 2011 concentrou-se nos segmentos financeiros e de telecomunicações. O Itaú foi o “campeão de queixas”. Dos 1,6 milhão de atendimentos registrados ao longo do ano, 81,9 mil foram relacionadas ao grupo Itaú, seguido pela Oi (80,8 mil), Claro-Embratel (70,1 mil) e Tim-Intelig (27,1 mil).

Há algum tempo o banco mantém o segundo posto entre os bancos mais reclamados na lista do Banco Central. Não à toa, foi também campeão da São Pilantra 2011, paródia da São Silvestre realizada pelo Sindicato final do ano, para denunciar os maiores vilões da sociedade brasileira. A “premiação” aconteceu em função das mais de 4 demissões de bancários promovidas às vésperas do Natal.

“O Itaú Unibanco foi o banco que mais lucrou este ano. Foram R$ 10,9 bilhões somente nos nove primeiros meses. Portanto, não faz o menor sentido essa onda crescente de dispensas e a alta rotatividade de trabalhadores que ocorre no banco”, declarou a presidenta do Sindicato, Juvandia Moreira, ao final da São Pilantra.

Dados – O boletim do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor (Sindec) foi divulgado na sexta-feira 13 pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça,e mostrou que assuntos financeiros, telecomunicações e alguns produtos como aparelho celular, computadores, dvds, móveis e eletrodomésticos de linha branca somam 57,75 % do total de atendimentos.

Entre os problemas enfrentados pelos consumidores estão as cobranças (35,46%), ofertas (19,99%), contratações (11,62%) e qualidade (11,19%).

As mulheres representam 54,69% das pessoas que procuraram os Procons em 2011. A maioria dos consumidores tem entre 31 e 40 anos. Os jovens até 20 anos somam 2,12%, o menor percentual registrado. Porém, é um número importante, pois representa mais de 22 mil jovens consumidores que conscientes de seus direitos procuraram os Procons.

Redação, com informações da Agência Brasil - 13/01/2012




 
 
 
 
Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região
Se você tem problemas de navegação com este site, contate site@spbancarios.com.br